Compartilhar Inscreva-se

Como escolher a melhor solução em cloud computing

Como escolher a melhor solução em cloud computing

Independentemente se a empresa está começando, se é pequena, média ou já se tornou referência no mercado, a verdade é que há sempre 2 focos para melhorar e aumentar a atuação e atividades do negócio:

1. otimização da infraestrutura interna;
2. necessidade de reduzir custos ou direcionar o capital de forma estratégica.

Com base nesses objetivos, uma solução de grande destaque que acompanha as necessidades da empresa é o Cloud computing (computação em nuvem), uma inovação que influencia positivamente as atividades da instituição, com benefícios tanto para armazenamento em nuvem e otimização da infraestrutura em T.I. quanto para redução nos gastos e aumento da qualidade em serviços.

Porém, para que a nuvem facilite os projetos da empresa, é preciso escolher planos adequados à rotina da instituição, considerando que há formas de implantação, tipos de serviços e pacotes de armazenamento diferentes.

Para isso, separamos algumas dicas para escolher a melhor solução em Cloud computing, eliminando dúvidas na hora de investir em diferenciais no mercado corporativo. Confira!

1. Necessidade de armazenamento e elasticidade

O Cloud computing é resultado do conjunto de equipamentos com alta capacidade. A composição oferece espaço em Data Centers próprios da instituição contratada, compondo infraestrutura para os dados e sistemas de uma empresa, além de diversas conexões de rede que facilitam e aprimoram as atividades do negócio.

Esse oferecimento permite maior espaço para o cliente migrar aplicações para a nuvem, eliminando problemas de velocidade ou falta de espaço para seus dados internos e externos.

A quantidade de espaço para armazenamento deve ser um dos principais pontos verificados, afinal, muitas instituições dependem de um ambiente escalável para compatibilidade de acordo com épocas de maior e menor fluxo de trabalho. Atente-se ao plano que a empresa está oferecendo e a possibilidade de adaptação!

2. Tipo de infraestrutura

A melhor solução em Cloud computing deve oferecer uma nova infraestrutura, muitas vezes composta de sistemas que não são fixos na empresa e, assim, não exigem alterações no local, novas aquisições e gastos com instalações.

Para isso, o Cloud computing pode ser adquirido de 3 formas:

Nuvem privada: nuvem personalizada para a empresa, com dados e sistemas direcionados para servidores próprios e de alto desempenho, permite acesso apenas pela instituição e pessoas autorizadas. É a forma mais recomendada para empresas que desejam velocidade, escalabilidade e segurança;

Nuvem pública: direciona os dados para servidores públicos que otimizam o espaço de armazenamento e dividem o acesso de acordo com as empresas hospedadas;

Nuvem híbrida: engloba tanto a infraestrutura em Cloud própria da empresa quanto o uso de servidores públicos para uma performance um pouco mais otimizada que a anterior.

Com essas diferenças, é importante considerar o momento da empresa e as atuais necessidades, evitando gastos desnecessários em serviços insuficientes.

Leia também:  5 dicas para manter o alto desempenho da equipe de T.I.

3. Segurança e suporte

Se há cuidado e padrões internacionais de segurança como criptografia, SSL e ISSO, pode apostar que seus dados e sistemas estarão protegidos!

Os servidores em Cloud garantem alguns pontos que geralmente são grandes preocupações do cliente, como:

  • Armazenamento em nuvem de dados, sistemas e servidores com padrões de segurança;
  • Migração das aplicações sem comprometer a integridade dos arquivos;
  • Proteção contra hackers e programas prejudiciais;
  • Aquisição de hardwares e licença de softwares;
  • Cuidado com a integridade dos dados.

Alinhar as preocupações com a empresa contratada evita futuras dores de cabeça com falhas que deveriam ser evitadas. Além disso, vale ressaltar que se houver qualquer problema com os equipamentos, as informações permanecem intactas.

A Optidata, por exemplo, é uma empresa que foca na adaptação de seus serviços em nuvem de acordo com o nível, exigências e desejos de cada empresa, considerando a individualidade.

4. Custo-benefício

A melhoria do custo-benefício já é otimizada em qualquer aderência ao sistema em nuvem. Porém, há destaques como:

  • Elimina a necessidade de novas aquisições de acordo com o crescimento da empresa, como Data
  • Centers, softwares e hardwares;
  • Oferece suporte integrado ao serviço, com planos que equilibram a qualidade e agilidade nas correções;
  • Evita custos com mão-de-obra, considerando que os profissionais que trabalham com a empresa de Cloud computing já são treinados e familiarizados com a tecnologia.

A melhor opção em Cloud computing depende muito das necessidades da empresa, por isso é essencial buscar locais como a Optidata, que entra em contato com o cliente para entender suas necessidades, sugerir as melhores opções e qualificar os trabalhos da empresa.

Se você gostou dos benefícios da Cloud computing, entre em contato com um especialista da Optidata e confira o que podemos fazer para seu negócio!

Compartilhe
OptiData

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.