Compartilhar Inscreva-se

DDoS: o que são tais ataques e como se prevenir

DDoS: o que são tais ataques e como se prevenir

Empresas de diferentes portes trabalham com um alto volume de dados hoje em dia e utilizam sistemas para facilitar o armazenamento e gerenciamento dessas informações. 

Apesar de parecer uma opção bastante segura, um sistema em um servidor local está sujeito a ataques e as empresas precisam se prevenir contra eles, pois estes podem causar vários danos para os negócios.

Um tipo de ataque que está em destaque atualmente é o DDoS, por isso, se você possui dados e sistemas armazenados em um servidor precisa conhecê-lo. A seguir, vamos explicar o que é o DDoS e como se prevenir para que você possa proteger sua empresa. Confira!

O que são ataques DDoS

DDoS significa Distributed Denial of Service ou, em português, Negação Distribuída de Serviço. Ele é um derivado do DoS (Denial of Service), que se caracteriza por ser um ataque feito a partir de um único servidor ou computador.

Já o DDoS é um ataque malicioso que identifica uma vulnerabilidade em algum computador da empresa, invade-o e assim começa a acessar outras máquinas que também estejam vulneráveis. Dessa forma, o DDoS consegue sobrecarregar o servidor da instituição. Apesar de precisar de diversos computadores ou servidores, um ataque DDoS pode ser realizado por um único hacker.

Esse tipo de ataque não tem como objetivo danificar ou roubar documentos, ele tem como propósito sobrecarregar o servidor, para que o sistema da empresa fique indisponível para os profissionais.

Caso seja bem-sucedido, o DDoS pode prejudicar bastante o negócio, pois um sistema indisponível por minutos, horas ou até dias atrapalha a produtividade da empresa, atrasa serviços, entregas e pode gerar péssimos resultados.

Como se prevenir de DDoS

Ataques de DDoS podem atingir servidores de qualquer empresa. Por isso, todas as instituições que trabalham com sistemas em servidores precisam saber como se prevenir contra os DDoS. Abaixo, listamos 3 atividades importantes para proteger o seu servidor:

Monitore a rede da sua empresa

Ao monitorar o servidor de seu negócio, é possível identificar ataques rapidamente. A empresa consegue, por exemplo, verificar picos de tentativas de acesso e a origem das conexões em sua rede. Dessa forma, ela também é capaz de responder rapidamente aos ataques ou evitá-los.

Mantenha seu sistema sempre atualizado

Lembre-se de manter o sistema de sua empresa sempre atualizado, porque quando está desatualizado, ele pode conter lacunas e ficar mais vulnerável. Ou seja, ao não atualizar o sistema, a empresa está dando mais chances para o ataque ocorrer. Afinal, os hackers são bastante habilidosos para encontrar essa vulnerabilidade.

Utilize cloud computing

No cloud computing os dados e documentos da empresa são armazenados e gerenciados na nuvem. Essa tecnologia oferece escalabilidade, ou seja, ela pode se expandir de acordo com a demanda sem prejudicar o desempenho do servidor.

Então, se o seu servidor estiver ficando sobrecarregado devido a um ataque, ele pode se expandir para suportar essa sobrecarga. O cloud computing também trabalha com mais de um servidor. Dessa forma, se um for atacado, seu sistema pode continuar funcionando normalmente em outro.

Leia também:  Cloud Backup: a segurança dos seus dados em primeiro lugar

Além disso, o cloud computing é importante, porque ele possui diversos recursos de segurança que auxiliam a proteger o servidor e seu sistema de vários ataques, entre eles o DDoS.

Ao realizar as ações listadas aqui, sua empresa ficará muito mais protegida. Por isso, lembre-se de colocá-las em prática em seu negócio. E, caso tenha se interessado pelas vantagens do cloud computing, entre em contato conosco para saber mais sobre essa tecnologia!

Compartilhe
OptiData

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.