Um blog com conteúdos exclusivos sobre como soluções em cloud otimizam a produtividade e reduzem custos na sua empresa!
Conheça 13 possíveis profissões do futuro

Conheça 13 possíveis profissões do futuro

Já parou para pensar quais são as possíveis profissões do futuro? Um relatório do Center for the Future of Work feito em parceria com a Cognizant Technoloy Solutions aposta em 13 profissões do futuro. Entre elas, detetive de dados e facilitador de TI.

Você pode pensar que é ficção científica, mas essas são previsões para a próxima década. Só para se ter ideia, a Cognizant é uma das maiores empresas de tecnologia de informação do mundo e ela baseou seu relatório em macrotendências atuais para áreas como meio ambiente, biotecnologia, demografia, migração e outras possibilidades.

Se você ficou interessado em conhecer quais são as profissões do futuro, continue com a gente e confira o nosso artigo!

1. Detetive de dados

Imagem: https://www.istockphoto.com/br/foto/detetive-moderno-gm912113828-251110025

Você já imaginou trabalhar como detetive de dados? Pois é, essa é uma das profissões do futuro. A função deste profissional é investigar os mistérios em Big Data, ou seja, o que os nossos dados estão nos contando e quais os segredos que eles têm. Para ingressar na carreira, você precisa conhecer bem o mundo das finanças, matemática e data science. No entanto, não é necessário ser um cientista de dados.

2. Facilitador de TI

O facilitador de TI explora as tendências digitais e cria uma plataforma self-service automatizada para que seus usuários tenham seus próprios ambientes colaborativos, incluindo assistentes virtuais.
Para ser um facilitador, você deve ser formado em TI, ciências da computação, engenharia, ciências naturais ou administração de empresas. Também são necessárias habilidades de liderança e comunicação.

3. Oficial de ética de sourcing

O oficial de ética de sourcing acompanha, investiga e negocia acordos de bens e serviços que garantem que os gastos indiretos da empresa (em energia, relações sociais e restos) estejam alinhados com os padrões de ética de seus stakeholders.

Para exercer a profissão é necessário ter experiência com ética em ambientes corporativos, habilidades de comunicação e capacidade de trabalhar em grupo. Também é preciso conhecer bem a área de negócios, as leis e a gestão pública.

4. Gestor de desenvolvimento de negócios de inteligência artificial

Este profissional define, desenvolve e implementa os programas que servem para acelerar as vendas e os negócios de inteligência artificial (IA). O profissional da área deve ter experiência com vendas e desenvolvimento de negócios em grandes organizações, além de uma experiência corporativa com plataformas de IA, computação em nuvem e machine learning.

5. Mestre de edge computing

Cria, mantém e protege o ambiente de edge computing ou a chamada computação na “borda”. Em outras palavras, trata-se do limite da rede de computação em nuvem, perto da fonte de dados.

Um mestre de edge computing deve ter doutorado na área ou em áreas relacionadas, experiência com segurança e protocolo de internet das coisas (IoT), entre outros assuntos. A capacidade de arquitetar e a facilidade de desenvolver projetos em ambientes de computação em nuvem ou edge computing também são características essenciais.

6. Walker/Talker

Este é um profissional autônomo, como um motorista de Uber. Ele passa o tempo com os clientes idosos e utiliza uma plataforma online para escutá-los e conversar com eles. Sua principal tarefa é prestar atenção nas pessoas.

Para ser um Walker/Talker qualquer background é considerado. O que realmente precisa é ter mobilidade para visitar os clientes em casa quando for necessário.

Quer levar os sistemas e aplicações da sua empresa para a nuvem sem complicações?
Otimizamos sua infraestrutura através de soluções robustas e totalmente aprimoradas para facilitar a sua vida. Converse com nossos especialistas em soluções em cloud!

7. Conselheiro de compromisso de saúde

É o profissional que trabalha remotamente para oferecer coaching individual e conselhos para o bem-estar e a saúde de usuários de pulseiras inteligentes, que monitoram suas atividades e seus sinais físicos.

Leia também:  Mais economia, mais segurança e mais desempenho: conheça a nuvem da Optidata Cloud!

O profissional deve ter experiência com nutrição ou educação física e credenciais (obtidas em cursos online) em modalidades esportivas como CrossFit ou yoga. Também é importante saber lidar com ambientes culturalmente diversos.

8.Técnico de saúde assistida por inteligência artificial

O técnico de saúde assistida por inteligência artificial examina, faz o diagnóstico e administra tratamentos à pacientes. Ele conta com a tecnologia e com médicos acessíveis de maneira remota.

Para ser um técnico de saúde assistida é necessário ter formação em enfermagem ou similares, experiência anterior na área de saúde, habilidades interpessoais e capacidade de trabalhar sob pressão e com ferramentas digitais.

9. Analista de cybercidade

Este profissional garante a segurança e a funcionalidade da cidade por meio do fluxo saudável de dados (ambientais, populacionais, etc), através de um sistema. Para se aventurar na profissão é preciso ter qualificações em engenharia digital, conhecimentos sobre circuitos eletrônicos e metodologias de startups enxuta e experiência com impressão 3-D. É importante saber ler e interpretar dados em analytics.

10. Diretor de portfólio genômico

O diretor de portfólio genômico cria e executa estratégias para um portfólio de produtos biotecnológicos. É necessário ter graduação em campo relacionado à genômica (o mestrado é uma vantagem). O profissional também deve ter experiência pelo menos de uma década e habilidades de comunicação, negociação, liderança, além de perfil analítico.

11. Gerente de equipe humanos-máquinas

Este profissional desenvolve um sistema de interação para que seres humanos e máquinas conversem melhor, o que aprimora essa equipe híbrida. Para ser esse gerente é preciso ser formado em psicologia ou neurociência, ter qualificação posterior em ciência da computação, engenharia ou recursos humanos.

É ainda necessário ter experiência em áreas como machine learning ou interação entre humanos e robôs. A experiência com UI/UX é um diferencial.

12. Coach de bem-estar financeiro

O profissional oferece sessões de coaching individuais para clientes que queiram compreender e monitorar suas atividades financeiras. Para trabalhar na área você deve ser formado em finanças ou negócios, ter um bom ambiente para trabalhar de maneira remota, experiência com análise de métricas financeiras e conhecimentos sobre a indústria financeira.

13. Oficial de diversidade genética

Ele facilita a lucratividade e a produtividade da organização, criando um ambiente de inclusão genética. Opera de acordo com as leis e guias relacionados à força de trabalho geneticamente aprimorada.

Quem deseja atuar como oficial de diversidade genética deverá ter um grau avançado de estudos em biologia ou genômica, anos de experiência com igualdade genética ou similares, habilidades interpessoais e de comunicação.

Como você pode ver, essas são as 13 possíveis profissões do futuro que vão exigir conhecimentos em tecnologia da informação. Gostou de algumas delas? Então, procure se capacitar para atuar na área escolhida!

Quer continuar bem informado? Assine a newsletter da Optidata para receber mais conteúdos interessantes e relevantes sobre o assunto!

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *