Um blog com conteúdos exclusivos sobre como soluções em cloud otimizam a produtividade e reduzem custos na sua empresa!
Conheça 7 dicas de segurança para sites

Conheça 7 dicas de segurança para sites

Quando você vai fazer uma compra pela internet ou coloca os seus dados de cadastro em um site para receber as novidades ou baixar um e-book, por exemplo, quer que ele seja confiável não é mesmo? Ou seja, você não quer que os seus dados caiam nas mãos de pessoas estranhas e de má fé, que possam prejudicá-lo e usar as suas informações de maneira indevida. 

O seu cliente pensa da mesma forma. Portanto, a sua empresa deve fazer o máximo possível para ter um site extremamente seguro e precisa passar essa confiança para o usuário. Para isso, a sua equipe pode colocar em prática algumas dicas de segurança para sites que podem ajudar o desempenho da sua empresa.

Abaixo, selecionamos as que mais podem ajudá-lo nessa tarefa e assim, oferecer maior segurança para os seus clientes e, é claro, aumentando os lucros. Um cliente que se sente seguro dentro de um site tem muito mais chances de fechar uma compra. Confira!

Conheça as principais dicas de segurança para sites

  1. Tenha o seu próprio domínio

Essa é uma das tarefas mais básicas que a sua empresa deve colocar em prática se deseja passar a imagem de um site seguro. Os sites gratuitos oferecem domínios, mas esse domínio não será da sua empresa. O ideal é que você tenha um domínio próprio. Além de oferecer mais segurança para o usuário do site, você também não corre o risco de alguém usar o nome da sua empresa antes de você na rede.

Para isso, você pode visitar o site Registro.br para comprar um domínio com o “br” ao final. Assim, terá um domínio do tipo www.nomedaminhaempresa.com.br. Compre também o domínio .com (www.nomedaminhaempresa.com). Isso evitará que outro site tenha o mesmo nome da sua empresa e assim tomar os seus clientes ou confundí-los. 

  1. Otimize a velocidade do seu site

Um site lento pode não só irritar o usuário e fazer com que ele vá para concorrência como também pode passar a imagem de um site não confiável. Já percebeu que os sites das grandes empresas carregam rapidamente? O seu também deve ser da mesma forma. Além de o site em si ter velocidade para abrir a página inicial, o visitante também deve conseguir navegar entre as páginas sem muitos problemas.

E não é só o fato de levantar suspeitas. Um site lento também é mal visto aos olhos do Google. Isso faz com que o site da sua empresa caia posições no maior site de pesquisas do mundo e isso não é nada bom. Você terá dificuldades em aparecer na primeira página dos resultados de pesquisas e, praticamente ninguém, sai dela.

  1. Possua indicadores de confiança

Indicadores de confiança são dados que o ajudam a garantir de que o site realmente é confiável e navegável. Um dos melhores indicadores é o feedback dos seus clientes e visitantes. Você também pode pagar pessoas para utilizar o seu site e fazer uma análise dele, apontando quais os pontos nos quais tiveram maior dificuldade, entre outros.

As redes sociais também pode servir como indicadores de confiança. Quanto mais engajamento as suas postagens geram, mais pessoas terão maior confiança no seu site. Ela verá outros usuários comentando sobre os seus produtos e serviços e assim, a credibilidade da sua empresa fica maior.

  1. Use senhas seguras
Leia também:  LGPD, o que é e como se aplica para empresas brasileiras?

Internamente, as empresas usam senhas para acessar as plataformas dos sites. Bom, essas senhas precisam ser seguras para impedir que outras pessoas consigam invadir o sistema. Para isso, é interessante utilizar números, letras (maiúsculas e minúsculas) e também os caracteres especiais como o arroba, o asterisco e outros.

Tente ser criativo na hora de criar a sua senha e é importante que não tenha um padrão, pois existem pessoas especialistas em encontrar padrões de senhas. Use as letras, números e caracteres especiais de maneira aleatória. No início, terá dificuldade de lembrar, então pode anotá-la em um local seguro, mas com o tempo, a senha ficará gravada na sua mente e será fácil de usá-la.

Uma outra dica importante em relação à senha é que ela precisa ser atualizada, pelo menos, a cada 6 meses.

  1. Faça backup de maneira regular

Quando se trata de segurança, prevenir é fundamental. Sites são invadidos a todo momento, até mesmo os mais seguros como os do governo. Portanto, por mais que o seu site seja seguro, pessoas mal intencionadas podem encontrar uma vulnerabilidade nele. E se tudo sumir no seu site? Você não quer fazer outro do zero quer?

Por isso, manter um backup regular é muito importante. Melhor ainda se esse backup for feito na nuvem. Ele estará a salvo em um lugar que só pode ser acessado por pessoas autorizadas e também estará livre das intempéries do tempo que costumam danificar os discos de armazenamento físico. 

  1. Invista em uma proteção para malware

O malware é muito comum e o pior de tudo é que eles infectam facilmente os sites e assim, podem passar para os computadores dos visitantes e também para toda a sua empresa. Para evitar esse tipo de situação, o melhor a fazer é investir em uma boa proteção para malware. Um bom programa consegue identificar um invasor como esse facilmente e neutralizá-lo, impedindo que ele danifique o seu site e vá parar no computador dos seus usuários. 

  1. Mantenha os softwares atualizados

Algo que é muito simples, mas que muita gente deixa de lado: manter os softwares atualizados. Essas atualizações fazem muita diferença e ajuda a manter o seu site muito mais seguro e reduzir as vulnerabilidades dos computadores da empresa. Assim, verifique sempre se há atualizações dos softwares que a sua empresa utiliza.

Gostou das nossas dicas de segurança para sites? Coloque-as em prática na sua empresa e assim, tenha um site que seja confiável e seguro para os seus visitantes e clientes. 

Quer mais dicas como essas para ajudar a sua empresa? Então, assine a nossa newsletter!

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *