Um blog com conteúdos exclusivos sobre como soluções em cloud otimizam a produtividade e reduzem custos na sua empresa!
Entenda a relação entre Cloud Computing e Big Data

Entenda a relação entre Cloud Computing e Big Data

Cloud Computing e Big Data são dois conceitos que funcionam de maneira interdependente e estão transformando a forma de negócios desempenharem suas funções.

A computação em nuvem organiza toda a parte de armazenamento de dados, tornando-os acessíveis e simplificando a rotina. Isso se torna um facilitador para a utilização do big data, uma vez que traz a capacidade necessária para trabalhar com um grande volume de dados.

Os dois conceitos partem de uma lógica de desmaterialização, uma vez que eles não existem em um espaço físico, sendo então acessíveis para qualquer um que tenha acesso a internet.

Dessa forma, percebem-se inúmeros benefícios para quem faz uso dessas duas tecnologias que de fato são diferentes entre si, porém, inter-relacionadas.

A seguir falaremos sobre o Big Data, mostrando o porquê de grande parte dos negócios atualmente estarem interessados nesse conceito. E mostraremos também alguns detalhes a mais sobre esse novo jeito de acessar e armazenar dados que a computação em nuvem trouxe.

Por que hoje se fala tanto em Big Data?

Grande parte da informação que buscamos e geramos nos dias atuais está na rede. A todo momento pesquisamos algo que nos interessa nos mecanismos de busca, fazemos diferentes tarefas por meio de dispositivos eletrônicos, compramos produtos online e tantas outras atividades que envolvem de alguma forma o uso da internet.

Todos esses dados, quando nas mãos de uma empresa, tornam-se um conhecimento valioso sobre o comportamento do seu público-alvo. Além disso, as próprias empresas geram muitos dados a partir do seu trabalho.

Todas essas informações podem trazer insights valiosos, sendo utilizadas eventualmente para trazer melhorias e guiar novas decisões.

Portanto, respondendo à pergunta que é o título desse tópico, se fala tanto em Big Data nos dias de hoje porque ele representa essa capacidade de acessar as informações e utilizá-las a favor do negócio.

O Big Data funciona a partir de 3 conceitos centrais, conhecidos como os 3 Vs:

1. Volume

O acesso a um grande volume de informações é uma característica dessa coleta realizada pelas organizações, uma vez que esses dados podem ser de diferentes naturezas, como transações financeiras, informações de sensores, fanpages, dentre outras.

Quanto à possibilidade de trabalhar com esse grande volume de dados, essa conquista se dá graças a novas tecnologias de armazenamento.

2. Velocidade

Uma das características do Big Data é a velocidade que os dados são processados, algo que inédito e exclusivo. Os dados podem ser acessados em tempo real, o que é uma qualidade relevante para negócios da área comercial, por exemplo.

3. Variedade

O terceiro aspecto envolvido com o Big Data é a variedade de formatos que esses dados podem ter. Números, documentos de texto, e-mails, vídeos, áudios, tudo isso faz parte dessa base gigante de informações, o que permite muitas possibilidades de trabalhar esses dados, detectando oportunidades e ameaças para as empresas.

E onde a Cloud Computing entra nessa transformação?

De maneira simples, podemos dizer que a computação em nuvem é um uma forma de serviço como os que contratamos para energia elétrica ou de telefonia. No entanto, nesse caso, é a computação em forma de serviço.

Isto é, a tecnologia cloud computing oferece o serviço de computação na rede, fornecendo diferentes funções que um computador possui sem ocupar nenhum espaço físico.

Leia também:  Transformação digital: o que é e o que ela pode fazer pela sua empresa!

Dessa forma, podemos criar documentos, salvá-los, armazenar arquivos de diferentes formatos, acessar ambientes de trabalho virtuais, analisar dados, etc.

Embora seja um conceito popularizado recentemente, a origem da computação em nuvem tem algumas décadas. Em 1960, ele já era imaginado por especialistas da área de Tecnologia da Informação.

Alguns conceitos que antecedem o de cloud computing e, assim, contribuíram para chegar ao que conhecemos hoje, são o de Data Center e SOA (Arquitetura Orientada a Serviços, os quais representam serviços de infraestrutura e distribuição de sistemas, respectivamente.

Quer levar os sistemas e aplicações da sua empresa para a nuvem sem complicações?
Otimizamos sua infraestrutura através de soluções robustas e totalmente aprimoradas para facilitar a sua vida. Converse com nossos especialistas em soluções em cloud!

Benefícios do Cloud Computing

A computação em nuvem tem certas qualidades que a tornam perfeita para o desempenho de atividades rotineiras, individuais ou coletivas.

Além de ser um serviço sob demanda, ou seja, utiliza-se quando precisar, ela dá acesso ilimitado ao que está armazenado e o pagamento do serviço é condicionado ao uso. Veja essas qualidades enumeradas!

  1. estrutura personalizada e sob demanda;
  2. aumento da capacidade de processamento de forma simples e rápida;
  3. monitoramento de processos em tempo real;
  4. segurança de dados e atualizações automáticas.

Essas qualidades a tornam ideal para ser implementada de maneira integral em empresas, estruturando todos os processos em nuvem. Isso cria uma ligação direta entre Cloud computing e Big Data, já que é nela que estão todos os dados. Veja como isso funciona!

Cloud computing e Big Data

De uma forma geral, as empresas utilizam o Big Data para se tornarem mais competitivas. Além disso, espera-se com esse uso algo essencial para o sucesso: errar menos. E quando inevitável, aprender com o erro.

Ter um sistema de computação em nuvem é condição para se trabalhar bem com um grande volume de dados, uma vez que isso envolve coleta, armazenamento e compartilhamento de um número gigantesco de informações.

Além disso, a constante necessidade de conhecer o resultado das ações de um negócio, muitas vezes, imediatamente, torna essa relação entre cloud computing e Big Data extremamente necessária. Afinal, que outro recurso permite acessar dados em tempo real?

Voltando então à reflexão sobre o principal objetivo por trás da utilização do Big Data, que é a vantagem competitiva, e ao caminho de aprendizado percorrido para se alcançar esse objetivo, podemos dizer que esse casamento é vital em um mercado como o atual.

Mais do que nunca, as empresas de hoje precisam aprender a trabalhar com agilidade, inclusive do ponto de vista estratégico, buscando novos posicionamentos a cada mudança detectada no impacto de suas ações externas e internas.

Se a mudança é estender a sua atuação para novos ramos (upsell), os dados vão sinalizar. Se a rotatividade (turnover) de colaboradores é um fator negativo nas finanças, eles também vão sinalizar.

No entanto, tudo isso vai depender da empresa deixar esses processos acessíveis em uma única fonte. Nesse caso, a nuvem. Conseguiu entender a relação entre cloud computing e Big Data?

Então não perca tempo e aprenda mais sobre esses conceitos através de nossos conteúdos. É só assinar nossa newsletter e receber o que precisa para se atualizar!

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *