Compartilhar Inscreva-se

Os impactos da aceleração digital

Os impactos da aceleração digital

Desde que a humanidade existe a história é marcada por fases, ou como também é conhecido revoluções, elas tiveram um papel fundamental para humanidade, e pode-se dizer que tudo o que vivemos hoje foi reflexo do passado. Até mesmo, a aceleração digital, que é o assunto que abordaremos aqui.

Mas, antes de chegar no tópico de aceleração digital, vamos voltar à história e entender quais foram as etapas que fizeram este evento ocorrer.

O que conhecemos como era digital foi propiciado a partir da terceira revolução industrial, onde se iniciou o descobrimento/conhecimento, sobre internet, computador e robótica. “Com a criação de novas máquinas e equipamentos, introdução de robôs nas fábricas e lançamento de novos produtos, o avanço da tecnologia atingiu um ritmo acelerado.” (Neipatel)

Alguns autores apontam que estamos vivendo a quarta revolução industrial, outros falam que estamos passando pela era digital, existindo várias expressões diferentes, mas o fato é que está acontecendo uma aceleração em vários sentidos e Schawab aponta que “a quarta revolução industrial não é definida por um conjunto de tecnologias emergentes em si mesmas, mas a transição em direção a novos sistemas que foram construídos sobre a infraestrutura da revolução digital (anterior)”. (Schwab, diretor executivo do Fórum Econômico Mundial em entrevista para BBC Brasil).

A quarta revolução tem o potencial de elevar os níveis globais de rendimento e melhorar a qualidade de vida de populações inteiras, diz Schwab. São as mesmas populações que se beneficiaram com a chegada do mundo digital – e a possibilidade de fazer pagamentos, escutar e pedir um táxi a partir de um celular. (BBC Brasil)

A era digital pode já ter sido coisa do futuro, entretanto, ela está conosco há mais de 20 anos, ela é o nosso passado, presente e futuro. Se você olhar para o lado vai ver as multitelas que temos e a conexão com o mundo digital. Podemos acessar as informações de qualquer lugar do mundo, e para muitas pessoas não faz sentido nenhum viver mais sem o que conhecemos como a era digital.

Muitas marcas que são referências atualmente, nasceram na era digital, como Nubank, Uber, Netflix, Airbnb e elas vem trazendo um conceito disruptivo do que achávamos que era normal e bom. O novo mundo permite inovações que facilitam ainda mais a vida das pessoas. Essas marcas conseguiram “tirar proveito da era digital para alavancar seus modelos de negócio.” (Neipatel)

E isso, se aplica a todas as empresas também, e aí que entra o ponto de aceleração digital, o fato é que nos últimos 30 anos houve uma grande evolução em tecnologias de diferentes áreas e em um cenário epidêmico a aceleração foi ainda mais veloz.

Muitas marcas antes da pandemia não se importavam com a inovação e em estar por dentro das novas tecnologias, entretanto, em um cenário de epidemia, onde hábitos são alterados em um curto período de tempo, a mudança por parte das empresas foi forçada a acontecer a partir de um estalo de dedos.

Leia também:  O que é o servidor NVMe

Quem prestou atenção nas novas tecnologias e o que elas poderiam fazer a seu favor, já estavam previamente preparados, outros foram forçados a avançar por conta da maré e isso é de fato uma aceleração imposta.

A IDC buscou entender o pulso da pandemia no Brasil e identificou que mais de 56% dos negócios endereçaram temas que não estavam na pauta, como trabalho remoto e canais digitais. “Cerca de 26% [dos respondentes da pesquisa] apontaram que a pandemia acelerou temas que estavam na pauta prioritária”, acredita-se que essa é uma mudança perene e não de contingência. Cloud, ferramentas de colaboração, comunicação, segurança e serviços estiveram em alta. (It forum)

Algumas mudanças que ocorreram na pandemia, podemos ver que vieram para ficar, como por exemplo: uso de redes sociais para propagação de marcas, trabalhos híbridos, deliverys, lives, armazenamento em nuvem, servidores terceirizados, entre outros…

Mas, para tudo isso ocorrer bem, as pessoas e empresas precisam estar amparadas por tecnologias e profissionais que lhe ajudem a propiciar tecnologias que não falhem. No caso do trabalho híbrido a empresa precisa garantir que o colaborador tenha todas as informações necessárias para fluir bem o trabalho.

Nós aqui da Optidata vimos uma aceleração em nossos serviços, somos uma empresa de tecnologia e já vínhamos implementando vários pontos do que foi acelerado pela pandemia. Muitos negócios não estavam preparados para esse avanço tão repentino, como por exemplo ter um servidor na nuvem a ponto que não desse problema para os colaboradores trabalharem home office.

Precisamos estar preparados para as mudanças, afinal, elas sempre ocorreram e vão continuar ocorrendo. O futuro das empresas precisa ser pensado, você enquanto colaborador ou empreendedor, o que pode fazer para melhorar seu ambiente de trabalho/negócio se existir outra aceleração digital ou qualquer outro motivo imprevisível?

Ficaremos felizes em conversar com você por aqui, ou em nossas redes sociais.

Compartilhe
OptiData

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar, você autoriza a Optidata a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de cookies.