Um blog com conteúdos exclusivos sobre como soluções em cloud otimizam a produtividade e reduzem custos na sua empresa!
Página de erro: Conheça os principais problemas e saiba como solucioná-los

Página de erro: Conheça os principais problemas e saiba como solucioná-los

Quem nunca encontrou uma página de erro  enquanto navegava pela internet? Essa é uma situação bastante comum, mas é péssima para aqueles que têm um site, um blog ou qualquer outro canal de comunicação pela internet. Afinal de contas, como os clientes vão contratar os seus serviços ou comprar os seus produtos se não consegue acessar o site da sua empresa?

Pense que, exatamente nesse momento, um cliente novo decidiu fechar negócio com a sua empresa. Ao encontrar a página de erro, é bem provável que ele nunca mais tente fazer qualquer compra no seu site, indo automaticamente para a concorrência.

Para evitar esse tipo de problema, o primeiro passo é conhecê-lo. Para isso, vamos explicar aqui o são páginas de erros e como evitar que esse tipo de situação aconteça!

O que é uma página de erro?

Também conhecida como HTTP, a página de erro acontece quando o navegador não consegue acessar o site do cliente. Porém, esse erro pode ter diversas causas e, por isso, você precisa conhecer cada uma delas para evitar o problema.

Normalmente, para saber qual é o problema, é preciso identificar o código formado por 3 dígitos e que, geralmente começa pelo número 4 ou 5. Quando o erro começa com 4, significa que o erro está no computador do usuário na maioria das vezes, erro 404, por exemplo. Já se o erro começa com 5 indica que o erro está no seu site, ou seja, no local onde o site está hospedado normalmente.

Quais as causas desses erros?

Agora que você já sabe um pouco sobre página de erro, vamos entender quais são as principais causas de cada uma delas e, é claro, a solução.

Erro 505 — HTTP Version Not Supported

O erro 505 indica uma incompatibilidade entre o protocolo HTTP do seu site de hospedagem com o do usuário. Dessa forma, o desempenho da página fica bastante comprometido, dificultando qualquer tipo de negociação. A correção do erro vai depender do local no qual ele está aparecendo, por exemplo, pode ser no Chrome, no Android e em outros navegadores.

Erro 504 — Gateway Timeout

Isso costuma acontecer quando a página fica carregando por muito tempo, ou seja, a resposta do servidor demora muito para mostrar o site em questão. Isso costuma acontecer, principalmente, quando o local de acesso é muito distante do servidor, por exemplo, em outro país.

Erro 503 — Service Temporarily Unavailable

Sabe em que época do ano esse erro pode acontecer muito? Na Black Friday. É o momento é que o seu site recebe muitos acessos de uma única vez e não consegue suportar. Também é comum acontecer em outras épocas do ano quando você usa um servidor compartilhado ou quando o seu site está em manutenção.

Erro 502 — Bad Gateway

Nesse caso, ocorre uma falha de comunicação entre os servidores, ou seja, entre o seu servidor e o servidor do usuário. A comunicação aqui encontra-se no mesmo protocolo e, por conta disso, a comunicação fica consideravelmente prejudicada.

Erro 500 — Internal Server Error

O usuário fez uma solicitação para acessar o seu site ou uma página desse local, mas o seu servidor não conseguiu atender a esse pedido. Aqui, os problemas podem estar na programação da página ou mesmo na manutenção da mesma.

Erro 410 — Gone

Nesse caso, a URL não existe mais, pois ela foi excluída pelo dono do site. Quando esse código aparece é porque o Google entende que essa página não existe mais e, por conta disso, ela não aparecer mais como resultado de busca.

Erro 405 — Method Not Allowed

Isso depende do tipo de requisição é utilizada para abrir o site. Por exemplo, digamos que o servidor da página da sua empresa esteja configurado para trabalhar apenas em GET, mas a solicitação de acesso é feita em POST. Mas não se preocupe muito, pois esse é um erro que quase não aparece.

Erro 404 — Not Found

Essa é, sem dúvidas, um dos erros mais comuns de serem vistos. A notícia boa é que estamos falando de um dos erros mais fáceis de serem resolvidos. Normalmente, o erro 404 indica que há um problema no URL e, por isso, você não consegue acessar o site. Como é um erro muito comum, muitas empresas estão personalizando a forma com a qual esse erro aparecer para que ele se torne menos impactante e com um aspecto visual melhor para o usuário.

Erro 403 — Forbidden

Muito confundido com o erro 401, mas são diferentes. Nesse caso, a página não requer autorização e não existe um tipo de autorização para acessá-la. O servidor, simplesmente, não executa a ação do usuário e mostra apenas erro 403. Aqui, é um local no qual o proprietário do site não quer que as pessoas tenham acesso. Pode ser, por exemplo, onde há arquivos que, se apagados ou modificados, podem danificar o site.

Erro 401 — Authorization Required

Nesse caso, quem está acessando a página precisa de uma autorização específica para seguir adiante. É uma forma que algumas páginas de empresas têm para evitar que pessoas alheias à organização acessem alguns dados.

Erro 400 — Bad Request

O erro 400 costuma aparecer quando há problemas com a conexão. Normalmente, ela está instável ou é o próprio computador do usuário que não consegue dar suporte necessário para que a página funcione corretamente.

É claro que aqui não estão todos os erros, mas sim os principais que costumam aparecer e também aqueles nos quais você deve prestar mais atenção.

Será que é uma boa hora para trocar de servidor?

Assim que um erro que começa com o número 5 for encontrado, você deve comunicar ao seu fornecedor de hospedagem do site para que ele possa resolver o problema o mais rápido possível. Porém, se você percebe que esses tipos de erros ocorrem com certa frequência e que o suporte não é tão bom quanto foi informado no momento da contratação, talvez seja a hora de você procurar outra empresa para hospedar a sua página.

Uma página de erro pode afetar consideravelmente a sua relação com os seus clientes e fazer você perder bons negócios, um dinheiro que talvez não possa ser recuperado gerando uma série de prejuízos.

Precisando de uma empresa que cuide melhor do site da sua empresa e ofereça uma solução completa? Então, conheça as nossas opções!

Leia também:  Você sabe como funciona um data center?

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *