Compartilhar Inscreva-se

Profissões que estão em alta no segmento da tecnologia

Profissões que estão em alta no segmento da tecnologia

Você já se perguntou quais serão as profissões do futuro? Quando estamos na fase de escolher uma profissão para seguirmos, é muito comum buscarmos quais são os trabalhos que estão em alta, são bem pagos, tem demanda e também que fazem sentido para nossa vida.

E a cada novo ano que chega, é perceptível que algumas profissões vão desaparecendo e outras surgindo. Se pararmos para analisar, 20 anos atrás existiam profissões que hoje não fazem mais sentido para nós, e assim, vai acontecer daqui 20 anos. Isso ocorre, porque estamos em uma constante evolução. 

No final do século XX e início do século XXI, foi possível ver a transformação das profissões, a robótica veio para automatizar vários trabalhos que até então eram manuais, a internet possibilitou que muitas demandas surgissem, precisando de profissionais que entendessem e auxiliassem no crescimento e evolução da área.

Adentrando especificamente para o segmento da tecnologia, já é possível ver profissões que são necessárias e requisitadas, entretanto, muitas vezes não encontramos profissionais qualificados para executar aquela função, sendo assim, uma ótima oportunidade para pessoas que ainda não sabem qual área seguir.

Trouxemos algumas profissões que estão em alta no segmento da tecnologia, e que as possibilidades de ganho são enormes pela falta de profissionais qualificados nas respectivas áreas.

1 – Cientista de Dados

Já falamos por aqui que a gente gera milhares de dados a todo instante, mas leve em conta, que precisa de alguém que entenda e organize esses dados para as empresas. Este profissional é o cientista de dados, o qual, analisa e cria estratégias qualificadas para as empresas.

2 – Web Developer

Com a presença digital das empresas, tornou-se fundamental ter um profissional que pense na interface digital, ou seja, criar softwares, aplicativos e sites são alguns dos papéis deste profissional. Além do mais, é necessário desenvolver algo único, pensar na funcionalidade da plataforma e na experiência do usuário. 

3 – DeVOps

Esta nomenclatura surgiu a pouco tempo, mas já está fazendo sucesso e tem uma grande procura por estes profissionais no mercado. O nome significa Desenvolvedor de Operações, e este profissional é responsável por aumentar a capacidade de uma empresa na automação de processos, tais como, desenvolvimento de software e infraestrutura. 

4- Arquiteto de TI

Na área cloud este profissional é muito requisitado, é responsável por desenvolver projetos para armazenamento de arquivos em nuvem, a busca é constante por perfis que são especialistas. 

A área de TI não é nova, entretanto, com as altas demandas do mercado, percebe-se uma falta de profissionais qualificados para ocupar as vagas de emprego. O profissional de tecnologia precisa estar em constante aprendizado, pois é uma área que se atualiza a todo momento, entretanto, bons profissionais estão em falta, tendo, uma alta procura e valorização salarial para aqueles que têm certificações na área.

Você deve ter percebido que as quatro profissões pautadas como: profissões do futuro, tem algo em comum. Todas são da nova geração de tecnologia e ambas podem trabalhar juntas, entretanto, cada uma é especialista em uma área, ou seja, atualmente o mercado busca profissionais que são especialistas e é nisso que o profissional do futuro precisa de atentar. 

E aí, me conta, gostou de alguma dessas profissões que estão em alta? Leve em conta quando for escolher a profissão que deseja seguir, ah e sempre que quiser, fique de olho em nossas vagas

Leia também:  Técnicas de organização e otimização de tempo
Compartilhe
OptiData

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar, você autoriza a Optidata a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de cookies.