Um blog com conteúdos exclusivos sobre como soluções em cloud otimizam a produtividade e reduzem custos na sua empresa!
Ser criativo ou não ser? Eis a questão!

Ser criativo ou não ser? Eis a questão!

Criatividade não é apenas sobre ter ideias, é o poder de encontrar soluções para resolver problemas. Portanto, todos os dias somos criativos ou temos de usar a criatividade para algo, independente do seu trabalho ou função. Usar a criatividade é sair do automático, então, toda vez que você solucionar algo que não poderia ser feito sem reflexão, você está sendo criativo.

Não se subestime, todos somos criativos! Claro que alguns têm uma predisposição maior do que outros, mas o que difere os grandes dos pequenos, é o quanto você exercita sua criatividade e também o quanto potencializa ela. Muitas vezes, alguém com aquela facilidade de encontrar soluções é ultrapassado por outro que, por mais dificultoso que seja, corre atrás e não espera acontecer.

Sim, é preciso trabalhar muito a sua mente para ser super criativo! Mas, todos sabemos que a vida é assim: quanto mais você treina e trabalha em favor de algo, melhor fica. Portanto, preparamos algumas dicas para lhe ajudar a estar preparado para encontrar soluções mais rapidamente durante o seu dia a dia, até mesmo em problemas lógicos. Confira!

#1 Não pense fora da caixa

Sim, você já ouviu milhares de vezes que precisa pensar fora da caixa para se sobressair, mas aí é que mora um problema: porque viver dentro de uma caixa e só sair dela esporadicamente?

Para ser criativo você tem que viver fora da caixa, ver tudo que o mundo tem a oferecer, experimentar tudo que for possível e coletar o maior número de informações sobre todas as áreas possíveis. Assim, nunca estará limitado a um pensamento ou ponto de vista e, conseguirá encontrar soluções rapidamente, com inspirações inesperadas. É assim que os grandes executivos do mundo se mantêm no topo!

Consumir apenas o que faz parte do seu dia a dia lhe deixa direcionado a só pensar por ali, entretanto, sair apenas para dar uma olhadinha, não mudará muita coisa. Esqueça as caixas!

#2 Tenha referências

Falar sobre buscar referências é um pouco clichê, mas cá entre nós: se virou clichê é porque importa!

As referências são o insumo da sua mente, portanto, leia bastante – sobre os mais diversos temas –, assista a filmes, programas de televisão e o que mais encontrar de entretenimento que lhe agregue algum conteúdo relevante.

Conversar com pessoas de fora do seu meio ou que não compartilham da mesma opinião que a sua também pode ser enriquecedor para o seu intelecto e, lhe ajudar a ter de onde tirar a solução para aquele problema do trabalho, ou a ideia para resolver um questionamento que atrapalha o andamento de um projeto.

Leia também:  Up-Sell e Cross-Sell: dois conceitos que vão melhorar suas vendas

#3 Pratique a criatividade

Teoria é bom, mas praticar é o diferencial! De nada vale reunir informações, experimentar e conhecer, se não for colocado em prática. Outra questão é que, quanto mais rotineiro for para você colocar a cabeça pra pensar diferente, mais fácil será!

Durante o seu dia a dia, busque ver as coisas com outro ponto de vista, pense como seria algo em outro contexto, com outra aplicação e desenvolva isso. Um bom exercício é pegar 3 palavra totalmente diferentes, como caneca, avião e tomate, e construir uma narrativa em cima disso. Não precisa ir muito longe, uma curta história já está bom, o importante é delimitar um tempo para isso e cada vez mais buscar conectar tudo isso da forma mais complexa possível.

Assim, sua cabeça ficará condicionada a fazer ligações fora do comum para resolver coisas simples e, cada vez mais, fará isso com problemas reais, facilitando a sua vida e lhe entregando o tão sonhado sucesso!

OptiData

Segurança, disponibilidade e otimização: a Optidata oferece soluções em cloud sob medida para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *