English EN Portuguese PT

Sua empresa precisa migrar sistemas e aplicações para a nuvem? Fique atento em 5 sinais!

Com as tecnologias se desenvolvendo cada vez mais, os equipamentos estão sempre aprimorados, adaptados e integrados ao dia a dia das pessoas. Afinal, é visível a mudança de alguns anos para cá, basta comparar o tamanho dos computadores, o uso de smartphones com os antigos celulares (aqueles tijolos que pesavam bastante) ou a diferença entre serviços de conexão com a internet.

Além das mudanças no dia a dia, as formas de empresas atuarem no mercado também são frequentemente adaptadas. Afinal, se a instituição “para no tempo” e não se adequa ao ritmo da sociedade, é provável que suas atividades tornem-se obsoletas e entrem no esquecimento.

Para que isso não aconteça, algumas tecnologias estão sendo implementadas em negócios que prezam pela atualização, como o ato de migrar sistemas e aplicações para nuvem (cloud computing), uma ótima forma de otimizar, assegurar e qualificar processos.

Se você ainda carrega dúvidas sobre a migração para cloud, não se preocupe. Repare em 5 sinais que mostram se sua empresa precisa migrar para o cloud computing e tire suas conclusões!

1. Armazenamento e escalabilidade difíceis

O armazenamento de dados abrange a quantidade de informações da empresa? Há dificuldade em aumentar esse “ambiente” quando há grande fluxo de trabalho? Todas as informações são coletadas ou há dados excluídos?

O armazenamento em nuvem pode ser adaptado de acordo com as necessidades da empresa, ou seja, é um armazenamento escalável. Assim, em momentos de grande fluxo de trabalho, a elasticidade da cloud computing permite que todas as informações sejam armazenadas, evitando perder dados importantes.

2. Gastos com infraestrutura e falta de acessibilidade

Muitas empresas precisam aumentar a infraestrutura em T.I. com certa frequência, principalmente em épocas de expansão. Isso gera gastos e possíveis problemáticas, como incompatibilidade entre os equipamentos e uma “colcha de retalhos” dentro da empresa.

A cloud computing pode ser oferecido em nuvem privada, pública ou híbrida, aproveitando Data Centers externos e uma rede de conexões que garante infraestrutura adequada independentemente da amplitude de uso.

Além disso, a nuvem permite acesso por muitos dispositivos além do computador de mesa, como notebooks, smartphones e tablets, aprimorando o modelo mobile como forma de acesso.

3. Problemas com acesso e segurança

Manter um servidor em pleno funcionamento, seguro e rápido não é tarefa fácil, exigindo tempo da área de T.I. ou contratações externas.

Esse problema é solucionado pelo cloud computing, considerando que as empresas que trabalham com o serviço seguem padrões internacionais em criptografia, SSL e ISSO, eliminando possíveis ameaças de invasões e capturas de dados.

migrar sistemas e aplicações para a nuvem

4. Dificuldade com suporte

Mais uma questão que gera muita dor de cabeça no negócio é o suporte para aplicações de T.I. A assistência pode focar tanto em grandes problemas como paralisação das atividades ou intensos “blackouts” até possíveis otimizações para agilizar e qualificar atividades.

Porém, a verdade é que o tempo de trabalho é grande, muitas vezes com o profissional lidando com tipos diversos de servidores e gastando dias com questões que seriam eliminadas a partir da migração para cloud.

Com a nuvem, além de diminuir necessidades de assistência para itens físicos, o suporte é totalmente direcionado para a empresa contratada, que assegura os dados mesmo quando algum equipamento quebra e oferece apoio ao cliente em casos de problemas internos.

5. Custo-benefício questionável

Os gastos de uma empresa devem ser relativamente baixos, mostrando que há possibilidade de avançar e crescer no mercado. A redução de custos é consequência da migração para cloud, afinal, há pontos que podem ser aproveitados, como:

  • Redução do número de compras para equipamentos, hardwares, softwares e licenças;
  • Infraestrutura sem necessidade de modificações físicas que poderiam demandar investimento e comprometer o andamento dos trabalhos;
  • Possíveis trabalhos em Home Office pela acessibilidade que o cloud proporciona, reduzindo gastos de rotina.

Essas questões são alguns destaques que o profissional deve ficar atento em relação aos trabalhos de sua empresa, afinal, se não há benefícios no método atual, é sinal que há necessidade de alterações e que migrar sistemas e aplicações para a nuvem pode ser considerado.

Gostou dos pontos apresentados? Quer receber mais conteúdos exclusivos? Assine nossa newsletter e fique por dentro!

Somos especialistas em soluções cloud premium!

Converse conosco e não fique pra traz!

Onde estamos localizados

localização optidata

Chapecó (SC) - Brasil

Av. Getúlio Dorneles Vargas,
4135N - Bairro Líder
+55 49 3199-4242

Florianópolis (SC) - Brasil

SC - 401, Km 04, s/n
Saco Grande
+55 49 3199-4242

São Paulo (SP) - Brasil

Alameda Grajau - 219
Alphaville Centro Barueri

Datacenter Curitiba Brasil

Rua Iapó 1408 - Prado Velho
Curitiba (PR)

Datacenter São Paulo Brasil

Av. Marcos penteado de
Ulhôa Rodrigues, 249

Inscreva-se
na nossa
CloudNews

Fique por dentro das principais
tendências e soluções Cloud